sábado, 2 de novembro de 2013

Meditação na Paz

Esta prática independe completamente de qualquer opção religiosa e deve ser realizada com o auxílio de um mala de mantras, ou mesmo com um rosário cristão de 54 contas, rodado duas vezes. Você pode adaptar esta prática de acordo com o seu mala ou rosário. Vamos supor que seja um japamala padrão de 108 contas e 6 segmentos.

Para cada um dos seis segmentos do mala, pensaremos em um nível de paz:

1) A paz para mim mesmo. Tudo começa dentro de mim. Eu devo estar primeiro em paz, para poder levar aos outros a minha paz. A paz deve estar em meus pensamentos, em minhas palavras, em minhas ações, em meus sentimentos. Só devo passar para o segundo segmento do mala após minha mente estar completamente em paz.

2) A paz para minha família. Para cada conta do mala, devo pensar em um familiar e desejar profundamente que ele esteja na mais absoluta paz. Por final, devo desejar a completa paz para toda minha família.

3) A paz em meu ambiente de trabalho. Para cada conta do mala, devo pensar em um colega de trabalho ou um departamento da empresa. Posso pensar em pessoas específicas e lhe desejar a mais completa paz. Devo pensar na paz para toda a empresa, em seus relacionamentos com os clientes e fornecedores. Devo desejar a paz para os clientes e fornecedores também. A paz para todas as pessoas que direta ou indiretamente se envolvem com a empresa onde trabalho.

4) A paz para meus amigos. Para cada conta do segmento do mala, devo pensar em um amigo ou um grupo de amigos, conhecidos ou grupos sociais que eu faça parte (faculdade, clube, vizinhos, etc) e desejar que encontrem a paz, que estejam em paz, que vivam a paz, que também distribuam a paz.

5) A paz para minha cidade, estado, país e todo o mundo. Quando toda a cidade, todo o estado e todo o país estão em paz, assim também estarão em paz os meus amigos, minha empresa, meus familiares. Consequentemente, eu também estarei em paz. Que a paz reine em toda a humanidade, pois tudo está inter-relacionado, a paz de um depende da paz de todos os outros. Somos todos uma mesma humanidade, independente de fronteiras, idiomas ou costumes. Se todas as pessoas estiverem em paz, o mundo será maravilhoso e todas as pessoas serão felizes.

6) A paz para todos os seres. Paz para os animais, para as plantas, para todo o tipo de vida existente na Terra e quem sabe em todo o Universo. Usando uma oração da Gnose: "Que todos os seres sejam felizes. Que todos os seres sejam ditosos (tenham saúde). Que todos os seres estejam em paz".

Desta forma, conclui-se a oração desejando a paz para todo o Universo, para todos os seres. Se todos estiverem em paz, eu também vou estar. Se eu estiver em paz, eu posso levar a paz a todas as pessoas e serei a diferença que eu quero encontrar no mundo. Serei uma vela, levando luz onde há escuridão, e acendendo outras velas. Que eu me beneficie e que todos os seres também sejam beneficiados.

Um comentário:

  1. linda postagem colocarei em prática ...parabéns ajuda muito na busca da paz interior

    ResponderExcluir